sexta-feira, 29 de junho de 2007

ALMA TRANSPARENTE

A luz que paira
Em tua alma indefinida
Incontida essência
Emanada em cores
Brilha imensa
Incontáveis vezes
Encantadoramente
Serena e selvagem
Cristalinamente
Colorida
Expressivamente
Brilhante
Adorno imperfeito
De teus feitos!
Enfeitas-te de cores
Festejando amores
Mirando alhures
Incitando prismas
De formas diversas
Matizando entornos
De tuas expressões
Gigantescamente
Arrebatadoras
De porções maiores
Ora realçadas
De tua beleza
De alma transparente.

© Márcia Sanchez Luz

*Do Livro "No Verde dos Teus Olhos" - Editora Protexto, PR - 2007