sábado, 9 de agosto de 2008

Autobiografia



Se é pra dizer quem sou
Vou logo anunciando:
Não tem ser que me domine
Nem presentes que me atraiam!

Se acaso alguém desejar
Minha vida legislar
Viro bicho num segundo
Nem sei de onde oriundo!

Não ouse tentar trocar
O que sou pelo que você tem...

Mas se quiser me agradar
Uma dica vou lhe dar:

Se for pra me presentear
Não me peça pra escolher
O que desejo ganhar...

Quem me conhece bem sabe
Que adoro ser manhosa
E que fico toda prosa
Com um carinho, desabo!

Se um mimo quiser me dar
Aceito de bom grado
Se este for abnegado.

Mas não tente me deter
Pois minha vida vou seguir
Você querendo ou não
Do jeito que eu bem quiser.


© Márcia Sanchez Luz