quinta-feira, 28 de julho de 2011

Haicais de Eno Teodoro Wanke

28 de junho de 1929 - 28 de maio de 2001

Depois da Chuva

sol, apressado
espalha a dourada toalha
pelo chão molhado.


Creme

A amorosa lua
de ciúme do vaga-lume,
brilhou. Linda. Nua!

Fonte: Jornal de Poesia