quarta-feira, 19 de março de 2008

Poemas de Urhacy Faustino


contrapelo

Ecos rurais e urbanos
perfurando a minha cápsula
e eu fiando estes panos.

Sedo sentido
e degusto o fio e frio da seda:
nu e ao mesmo tempo vestido.

Mariposa negando a luz,
descumprindo destino
que a seduz.

© Urhacy Faustino

Safra especial

Hoje eu acordei seco: bordeau encorpado...
Meio ácido, mas pronto pra ser degustado...

© Urhacy Faustino


Cedidos, com exclusividade, para o blog de Márcia Sanchez Luz.

Proibida reprodução ou veiculação sem prévia autorização do autor.


Informações sobre o autor:

Blocos Online : http://www.blocosonline.com.br/

O Imaginário : http://poemasdemarciasanchezluz.blogspot.com/2008/02/entrevista-com-urhacy-faustino.html

Blog pessoal : http://urha.blog.terra.com.br/


Contatos:

urha@uol.com.br