terça-feira, 29 de maio de 2007

TRANSFORMAÇÃO

Vejo em teus passos
Pedaços de um todo
De um tudo jogado
Em cantos, quebrado.

Sinto em teus olhos
O medo do incerto
Do tempo que passa
Da luz que se afasta.

Repassas tua vida
Com ferro em brasa
Ateias fogo, jogas água
Não te bastas.

Procura então
Em meio aos pedaços
Unir-te inteiro.

Teus primeiros passos
Vão te machucar
Vais gritar de dor
Vais querer parar.

Porém continua!
O medo vai cessar
Vais achar teu rumo
Encontrar saída
Pra essa escuridão.
Não ateies fogo
Onde o ar é leve
Onde a tarde deve
Te dar solução.

© Márcia Sanchez Luz

*Do Livro "No Verde dos Teus Olhos" - Editora Protexto, PR - 2007