domingo, 8 de julho de 2007

AMOR PERFEITO
Paulo Cesar Pinheiro

O que se vê acima é o poema “Amor Perfeito”, escrito pelas mãos do próprio Paulo Cesar Pinheiro, por ocasião do lançamento de seu livro “Viola Morena”, em 1984. Como “Amor Perfeito” não estava no mesmo, pedi a ele que o escrevesse para mim no final do livro, pedido que o poeta realizou de pronto!



AMOR PERFEITO
Paulo Cesar Pinheiro


O meu amor vê teu amor assim
Assim como um jardim
De flores novas

Por teu amor, o meu amor sem fim
Plantou dentro de mim
Um pé de trovas

E cada verso é um botão de flor
Anunciando, amor
A primavera

Que faz do tempo uma quimera
E a nossa vida mais sincera
E o nosso amor um grande amor

Teu coração, jardim dos meus jardins
Me cobre de jasmins
Cravos e rosas

Meu coração, teu carrilhão de sons
Te enfeita de canções
Versos e prosas

Cada canção é feito um beija-flor
Beijando o meu amor
Em nosso leito

Fazendo um ninho em nosso peito
Um ninho amor, de amor perfeito
E desse amor, perfeito amor.